Gonçalves & Freire

Apesar de a situação económica aconselhar prudência, António Gonçalves e João Freire decidiram arregaçar as mangas, arriscar num projecto que evoca a saudade de vivências passadas nas suas aldeias serranas e abrir a Mercearia Charcutaria Gonçalves & Freire, em Campo de Ourique, repleta de sabores tradicionais portugueses.

Numa situação normal, teriam inaugurado a loja na altura da Páscoa. No entanto, devido aos constrangimentos provocados pela pandemia da COVID-19 decidiram não adiar e abrir de imediato. Com toda a certeza, as suas raízes beirãs não são alheias à vontade férrea dos seus fundadores de remar contra a maré, numa época em que os menos audazes se afastam de qualquer acção empreendedora.

António e João conheceram-se na pós-graduação em Finanças do Instituto Superior de Economia e Gestão, ambos se orgulham do seu ADN serrano, onde a agricultura é, muitas vezes, a actividade principal. Daí, fazer todo o sentido que a mercearia Gonçalves & Freire venda os melhores queijos da Serra da Estrela - comprados directamente aos produtores e fabricados com leite de ovelhas bordaleiras - ofereça a famosa flor de sal da Figueira da Foz, as alheiras de Mirandela, as conservas do Algarve, e o azeite da Beira Alta.

Obviamente, nesta excelente selecção de produtos portugueses não poderiam faltar os vinhos do Dão e Beira Interior, e os legumes e a fruta fresca do Oeste. Para quem aprecia doces, irá certamente deliciar-se com os bombons de Portalegre.

A Mercearia Charcutaria Gonçalves & Freire pretende preservar as tradições e resistir à dependência das grandes superfícies comerciais. Não será coincidência a sua localização – mesmo em frente ao Mercado Campo de Ourique, onde a cidade ainda mantém o seu cordão umbilical às regiões rurais através dos produtos tradicionais expostos nas suas bancas.

Todos os produtos são comprados na origem e, sempre que possível, são provenientes de unidades agrícolas familiares. António e João conhecem pessoalmente todos os produtores e não existem intermediários.

Um dos objectivos da mercearia passa também pelo comércio que valoriza os circuitos curtos e que traz vantagem competitiva para o negócio, mas, ao mesmo tempo, beneficia os pequenos produtores. Todos os produtos são comprados na origem e, sempre que possível, são provenientes de unidades agrícolas familiares. António e João conhecem pessoalmente todos os produtores e não existem intermediários.

António sustenta a visão que deu origem a este novo espaço em Campo de Ourique, “É uma prioridade da mercearia a valorização e dignificação das pequenas produções locais, as que têm maior impacto na economia familiar dos territórios de baixa densidade.” Complementando essa mesma visão, João acrescenta, “Esta é uma loja de bairro de pequenas dimensões, mas de aspecto muito peculiar, onde predominam os tons claros do mobiliário de madeira nacional. O mais relevante é que foi feita na íntegra por dois artesãos de uma aldeia do concelho de Seia.

Esta mercearia não quer estar na moda, até porque um projecto assente na consistência não compactua com movimentos efémeros, desconectados da realidade rural portuguesa. Quer, sim, responder a uma necessidade cada vez mais premente – bem servir, com qualidade, comprar português e o que é tradicional e proveniente de produtores nacionais.

Texto: Maria Fernando Lisboa
Fotografia: Alice Bracchi

Endereço: R. Coelho da Rocha 97

Telefone: 966 443 248


Produtos

Gin Montês

Vinho Casa Albuquerque Encruzado

Alheira Tradicional de Seia 250g

Farinha de Castanha

Bolo Negro de Loriga

Aguardente de Medronho Quinta do Espinho

Vinho Casa Albuquerque Touriga Nacional Rosé

Vinho Casa Albuquerque Tinto

Azeite Quinta do Cobral Biológico 0,5L

Queijo Serra da Estrela DOP Quinta de São Cosme 900g

Morcela de Sangue 350g

Linguiça Alentejana de Porco Preto 300g

DE VOLTA AO TOPO